How to perform an ergonomic analysis of a workstation

Main Article Content

Carlos Domingues Ascate Júnior
Mariana Sarmanho de Oliveira Lima
Jonas Gomes da Silva

Abstract

In the face of numerous complaints about upper limb pain of employees involved with a printed circuit board (PCB) assembly line, there was a need to assess the level of Work-Related Musculoskeletal Disorders (WRMD). To solve this problem, the research aimed to perform an ergonomic analysis in a workstation of an assembly line of a company X of the Manaus Industrial Pole (PIM). Therefore, the risks of WRMD were evaluated and the problems faced were diagnosed, to propose improvement actions to adapt the work environment to the workers. With the aid of the Ergonomic Work Analysis (EWA) method and the Rapid Entire Body Assessment (REBA) method for the assessment of the risks of WRMD, it was found that the operator was subjected to an average risk of WRMD and that the intervention for resolution or risk minimization was required. The operator's complaints were a pain in the shoulders, arms, and neck. In the end, five recommendations were suggested to company managers to solve or mitigate the problem.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Domingues Ascate Júnior, C., Sarmanho de Oliveira Lima, M., & Gomes da Silva, J. (2019). How to perform an ergonomic analysis of a workstation. International Journal for Innovation Education and Research, 7(12), 474-491. https://doi.org/10.31686/ijier.Vol7.Iss12.2097
Section
Articles

References

[1] ABERGO. Associação Brasileira de Ergonomia. Ergonomia. Disponível em . Acesso em: 04 fev. 2013
[2] DUL, J., WEERDMEESTER, B. Ergonomia prática. Tradução Itiro Iida. São Paulo: Edgard Blücher, 2004.
[3] GOMES F., J. Ergonomia do objeto: sistema técnico de leitura ergonômica / João Gomes Filho. São Paulo: Escrituras Editora, 2003.
[4] IIDA, I. Ergonomia: Projeto e Produção. 2. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2005.
[5] KROEMER, K.H.E.; GRANDJEAN, E. Manual de Ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. Porto Alegre: Bookman, 2005
[6] LEU, R.; FRASSON, A. C. Análise Ergonômica do Trabalho: um estudo de caso relacionado ao processo primário na fabricação de massas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2., 2012, Ponta Grossa. Anais...Paraná 2012.
[7] MÁSCULO, F. S.; VIDAL, M. C. (orgs.). Ergonomia: trabalho adequado e eficiente. Rio de Janeiro, Elsevier/ABEPRO, 2011
[8] MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. Norma Regulamentadora - Ergonomia; Portaria nº 3.751, 1990. (disponível em http://www.mte.gov.br/legislacao/normas_regulamentadoras/nr_17.asp). Arquivo consultado em 2013
[9] MORAES, A. DE. Ergonomia: conceitos e aplicações / Anamaria de Moraes, Cláudia Mont'Alvão - Rio de Janeiro: A. de Moraes, 2003, 140 p.
[10] OLIVEIRA, C. C. de. et al. Utilização do método REBA para correlacionar a prevalência de desconforto musculoesquelético e o risco detectado em avaliação postural em um sistema de produção com ordenha mecânica. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ERGONOMIA, 15., 2010, Rio de Janeiro. Anais. Rio de Janeiro. 2010.
[11] PIRES, L. E. Contributo para a validação de uma estratégia de diagnóstico do risco de LMELT em empresas de triagem de resíduos orgânicos. 2011. 170f. Dissertação (Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho) - Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa.
[12] TAKEDA, F. et al. Avaliação biomecânica dos trabalhadores de linha contínua de cortes de frango. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 30., 2010, São Carlos. Anais... São Paulo. 2010
[13] VIEIRA, J. L. Manual de Ergonomia – Manual de Aplicação da NR-17. 1 ed. Bauru: Edipro, 2007

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>