Implementation of a Costing System in the Fleet Management of a Brazilian Public University

Authors

  • Wanderley Nascimento Pedroza Federal University of Amazonas
  • Dércio Luiz Reis Federal University of Amazonas

DOI:

https://doi.org/10.31686/ijier.vol9.iss2.2947

Keywords:

Costing Systems, Fleet Management, Maintenance Management

Abstract

This work presents the implementation of a costing system in Fleet Management at a Brazilian Public University, applying concepts of cost accounting, engineering, indexes, and maintenance management, as well as using the cost absorption method. As a methodology, an action research is applied to meet the objectives of being exploratory and descriptive; about the nature of the research, and applied research is adopted through a case study procedure in a Transport Coordination. To prepare for this work, the operational data of the fleet were collected during 12 months in the different units and internal control systems. The results of the study showed the operating costs of the fleet such as total fuel spent annually, totally spent on maintenance, as well as their respective indices, cost per kilometer, fixed and variable costs sufficient for accountability with the Official Bodies of Control. It was noted that the study applied in this work provided a basis for implementing a Costing System for fleet management of a Brazilian public university, respecting the guidelines of Normative Instruction No. 3, of May 15, 2008, which deals with the use and accountability, even fully complied with the requirements of the regulations regarding the Performance Control and Maintenance Maps of the Official Vehicle in an individualized manner, providing information on operational costing of the fleet sufficient for the decisions of the managers of the Public Institution.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

References

ABNT (1994). Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 5462: Confiabilidade e mantenabilidade. Rio de Janeiro.

ALEXANDRINO, Marcelo; PAULO, Vicente. Resumo de Direito Constitucional Descomplicado.12. ed. São Paulo: Método, 2018

ALVAREZ, E. R. Estudo utilizando o portal da transparência como meio de consubstanciar as informações para modelo de implantação do pilar Manutenção planejada em uma frota de veículos militares. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.

ANDIFES. Reforma Universitária: proposta da ANDIFES para a reestruturação da educação superior no Brasil. Disponível em: http://www.andifes.org.br/categoria/documentos/reforma-universitaria/documentos-sobre-reforma-universitaria. Acessado em 15 de março de 2020,

BRANCO, L. Gestão de Frotas. Curso Militar em Administração. Amadora, Lisboa: 2008.

BRANIVA, Indústria Mecânica. Tempo Médio Entre Falhas – MTBF - 2018. Disponível em: https://www.manutencaoesuprimentos.com.br/tempo-medio-entre-falhas-mtbf/. Acesso em: 12 fev. 2020.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, v. 47 n.1, jan./abr. 1996.

BULGARI FILHO, Armando. Gestão de Frota de veículos. Material de ensino do Instituto Esafi. Foz do Iguaçu-PR, 2019.

CANAN, Ivan. Escolhas na construção de sistemas de custeio: estudos de caso. Revista Ambiente Contábil - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; ISSN 2176-9036; v. 9. n. 2, jul./dez. 2017. Disponível em: http://www.periodicos.ufrn.br/ambiente. Acesso em: 22 jan. de 2020.

CONSTITUIÇÃO FEDERAL - CF. SEÇÃO II- DOS ORÇAMENTOS. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em fev. 2020.

DECRETO Nº 9.373, DE 11 DE MAIO DE 2018. Dispõe sobre a alienação, a cessão, a transferência, a destinação e a disposição final ambientalmente adequadas de bens móveis no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Decreto/D9373.htm. Acesso em mar. 2020.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 15 DE MAIO DE 2008. Dispõe sobre a classificação, utilização, especificação, identificação, aquisição e alienação de veículos oficiais e dá outras providências. Disponível em: https://www.comprasgovernamentais.gov.br/index.php/legislacao/instrucoes-normativas/413-instrucao-normativa-n-3-de-15-de-maio-de-2008. Acessado em jan. 2020.

LEI FEDERAL N.º 4.320, DE 17 DE MARÇO DE 1964. Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4320.htm. Acesso em fev. 2020.

LEI N.º 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993. Normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em fev. 2020.

LEI COMPLEMENTAR Nº 101, DE 4 DE MAIO DE 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp101.htm. Acesso em fev. 2020.

LINK CARD, Sistema Link Benefícios. Disponível em: https://www.linkbeneficios.com.br/Link/Index#about. Acesso em: 27 abril de 2020.

KARDEC, Alan; XAVIER, Júlio Nascif. Manutenção – Função Estratégica. Rio de

Janeiro: Qualitymark, 2001.

MASCARELO, Kauane; PFÜLLER, Ernane E.; FEDERIZZI, Roberta B. Gestão de custos: o método ABC em uma indústria de fibras. Revista Gesto, v.5, n.2, jul./dez.2017.

MAZZA, Alexandre. Manual do Direito Administrativo.10. ed. São Paulo: Saraiva Educação, 2020.

MEDEIROS, F. W. A.; MENDES, M.; FERRAZ, S. Contratação por Performance para Serviços de Manutenção Industrial. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MANUTENÇÃO, 20, 2005, Belo Horizonte. Anais.

Ministério da Educação – MEC. MEC lança programa para aumentar a autonomia financeira de universidades e institutos. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/content/index.php?option=com_content&view=article&id=78211:mec-lanca-programa-para-aumentar-a-autonomia-financeira-de-universidades-e-institutos&catid=212&Itemid=86. Acesso em: 25 jan. 2020.

MIRANDA, Marco M. Indicadores de desempenho da manutenção. Pós-Graduação Lato Sensu, Engenharia de Manutenção, ICAP, 2007.

MIRSHAWKA, Victor; OLMEDO, Napoleão Lupes. Manutenção – Combate aos custos da não eficácia – A vez do Brasil. São Paulo: Makron Books do Brasil, 1993.

MIZAEL, G. A.; VILAS BOAS, A.A.; PEREIRA, J. R.; SANTOS, T. S. Análise do Plano de Desenvolvimento Institucional das universidades federais do Consórcio Sul-Sudeste de Minas Gerais. Revista de Administração Pública, v.47, n. 5, p. 1145-1164, 2013.

NOGUEIRA, D. P. B. Análise da viabilidade econômica para a terceirização de frotas: Estudo de caso na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.

MONCHY, F. A Função Manutenção: Formação para a Gerência Manutenção Industrial. São Paulo: Editora Ebras/Durban, 1989.

NAGAO, Sérgio Kimimassa. Manutenção industrial: análise, diagnóstico e propostas de melhoria de performance em indústrias de processo. Dissertação de Mestrado, EPUSP, São Paulo, 1998.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE (CFC). Normas brasileiras de contabilidade: contabilidade aplicada ao setor público: NBCs T 16.1 a 16.11. Brasília: Conselho Federal de Contabilidade, 2012.

PALUDO, Augustinho. Administração Pública. 3. ed – Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

PEREIRA FILHO, A. D.; AMARAL, H. F. A Contabilidade de Custos como Instrumento de Informação Gerencial: um enfoque no sistema de custeio ABC. Contabilidade Vista e Revista, Belo Horizonte, 1998.

PORTARIA Nº 179, DE 22 DE ABRIL DE 2019. Dispõe sobre medidas de racionalização do gasto público nas contratações para aquisição de bens e prestação de serviços. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n%C2%BA-179-de-22-de-abril-de-2019-*--84797395. Acessado em jan. 2020.

PORTARIA Nº 424, DE 21 DE AGOSTO DE 2019. Dispõe sobre medidas de racionalização de gastos e redução de despesas para o exercício de 2019 no âmbito do Ministério da Economia, autarquias e fundações vinculadas. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-424-de-21-de-agosto-de-2019-211914320. Acessado em jan. 2020.

RODRIGUES, E. C. C.; BRANDÃO, M. G. S.; SILVA, R. B. Análise da gestão de frotas da Câmara Legislativa do Distrito Federal. In: 20º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE, 2015, Santos-SP: ANTP, 2015. Disponível em: <http://www.antp.org.br/biblioteca>. Acessado em 27 de jan. de 2020;

SILVA, Jean Machado Maciel da. Máquina de prensar cerdas para jovens e adultos com síndrome de down: um estudo de caso. 2017. 119 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.

SOUZA, Valdir Cardoso de. Organização e gerência da manutenção: planejamento, programação e controle da manutenção. 2.ed. São Paulo: All Print Editora, 2007.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção [Book]. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

TAKAHASHI, Yoshikazu; OSADA, Takahashi. TPM / MPT - Manutenção Produtiva Total. Tradução: Outras Palavras. São Paulo: IMAN, 2015.

VALENTE, A. M.; PASSAGLIA, E.; NOVAES, A. G.; VIEIRA, H. Gerenciamento de Transportes e Frotas. 3. ed. rev. São Paulo: Cengage Learning, 2016;

VILLANUEVA, Marina Miranda. A importância da manutenção preventiva para o bom desempenho da edificação. Rio de Janeiro: UFRJ / Escola Politécnica, 2015.

Downloads

Published

2021-02-01
CITATION
DOI: 10.31686/ijier.vol9.iss2.2947

How to Cite

Pedroza, W. N., & Reis, D. L. (2021). Implementation of a Costing System in the Fleet Management of a Brazilian Public University. International Journal for Innovation Education and Research, 9(2), 64–85. https://doi.org/10.31686/ijier.vol9.iss2.2947
Received 2021-01-14
Accepted 2021-01-23
Published 2021-02-01

Most read articles by the same author(s)