TEACHING HISTORY AND INDIGENOUS CULTURES IN BASIC SCHOOL EDUCATION REFLECTIONS FROM FIELD RESEARCH

Main Article Content

RICARDO JOSE LIMA BEZERRA
Tatiane Lima de Almeida

Abstract

This text is the result of reflections on a field research on the teaching of indigenous themes in schools in Capoeiras, in the Agreste of Pernambuco, starting with Law nº 11.645 / 2008 and the indigenous history in the region where the study is inserted. Due to the importance of the study on indigenous peoples, this research aimed to contribute to the dialogues between Anthropology and Education, so that we can think of teaching as a means of social and academic mobilizations for the recognition in the school space of the socio-cultural diversity existing in Pernambuco state.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
LIMA BEZERRA, R. J., & Lima de Almeida, T. . (2021). TEACHING HISTORY AND INDIGENOUS CULTURES IN BASIC SCHOOL EDUCATION: REFLECTIONS FROM FIELD RESEARCH. International Journal for Innovation Education and Research, 9(1), 220–229. https://doi.org/10.31686/ijier.vol9.iss1.2892
Section
Articles
Author Biographies

RICARDO JOSE LIMA BEZERRA, University of Pernambuco

Doutor em Educação Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professor Adjunto da Universidade de Pernambuco-Campus Garanhuns

Tatiane Lima de Almeida, University of Pernambuco

Master in African Cultures, Diaspora and Indigenous Peoples

References

ALMEIDA, Maria Regina Celestino. Os índios na História do Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 2010.

ALMEIDA, T. L. de; BEZERRA, R. J.L. Ensino de História e Culturas indígenas na Educação Básica: alguns apontamentos para reflexão. In: LIMA, Marta Margarida Andrade; FREITAS, Vera Lúcia Chalegre de; SILVA, Leila Nascimento da; (orgs). Aprender Ensinado, Ensinar Aprendendo: diálogos entre formação, saberes e práticas docentes. Curitiba: Editora CRV, 2018.

BANIWA, G. dos S. O índio brasileiro: o que você precisa saber sobre os povos indígenas no Brasil de hoje. Brasília: MEC/SECAD/ Museu Nacional-UFRJ, 2006.

CAIMI, F. E.. A História na Base Nacional Comum Curricular: pluralismo de ideias ou guerra de narrativas? Revista do Lhiste, Porto Alegre, num.4, vol.3, jan/jun. 2016.

DANTAS, Beatriz G.; SAMPAIO, José Augusto L.; CARVALHO, Maria do Rosário G. de. Os povos Indígenas no Nordeste Brasileiro. In: CUNHA, M. C da (orga.). História dos Índios no Brasil. São Paulo: Cia das Letras, Secretaria Municipal de Cultura, FAPESP, 1992. p. 431-456.

LIMA, Maria Margarida de Andrade. Identidades, Diferenças e Diversidade: entre discursos e práticas educacionais. In: ANDRADE, Juliana Alves de; SILVA, Tarcísio Augusto Alves da; (orgs). O ensino da temática indígena: Sudsídios didáticos para o estudo das sociodiversidade indígenas. Recife, Edições Rascunhos, 2016. p. 99-109.

MEDEIROS, Juliana Schineider. Povos indígenas e a Lei nº. 11.645: (in)visibilidades no ensino da história do Brasil. In: BERGAMASHI, Maria Aparecida; ZEN, Maria Isabel Habckost Dalla; XAVIER; Maria Luísa Merino de Freitas, (orgs) Povos Indígenas & Educação. Porto Alegre: editora Mediação, 2012. p. 49-62.

OLIVEIRA, J. P. de (org.) A viagem de volta: etnicidade, política e reelaboração cultural no Nordeste indígena. 2.ed. Rio de Janeiro: Contracapa, 2004.

PIMENTEL, Spensy. O índio que mora na nossa cabeça: sobre as dificuldades para entender os povos indígenas. São Paulo, Prumo, 2012.

SILVA, A. L. da (orga.). A questão indígena na sala de aula: subsídios para professores de 1º e 2º graus. São Paulo: Brasiliense, 1987.

SILVA, Edson H. Povos indígenas: história, culturas e o ensino a partir da lei 11.645. In: Revista Historien UPE/Petrolina, v. 7, p. 39-49, 2012.

SILVA, Edson H; SILVA, Maria da Penha. A temática Indígena na sala de aula: reflexões para o ensino a partir da Lei 11.645/2008. Recife, 2ª edição, UFPE, 2016.

SILVA, Maria da Penha. A Temática Indígena no Currículo escolar à luz da lei 11.645/2008. Caderno de Pesquisa, São Luís, v. 17, n. 2, maio/ago. 2010, p. 39-47.

WITTMANN, Luisa Tombini (Org.). Ensino (d)e História Indígena. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.