The perceptions of graduate students regarding diversity and culture in the construction of teacher identities

Main Article Content

Deyvid Tenner de Souza Rizzo
Amanda de Mattos Pereira Mano

Abstract

The discussions presented in this article arose from action research carried out with students in a Master’s Program in Education. The questions asked in the study were: How do graduate students in Education, future specialists in the area, view the concepts of diversity and culture and, furthermore, what perception do the students have regarding the influence of these concepts on the construction of a professional teacher identity? Aiming to address these doubts, a qualitative study was conducted by way of an online questionnaire, specifically developed for this study which was applied to 13 students in the Master´s program in Education. The answers obtained were analyzed with the IRAMUTEQ software package to assess the text data. The results show that the group under study believed that one of the greatest challenges to teaching, and thus to the construction of an identity, is how cultural diversity is dealt with in the school setting. Therefore, it is necessary to deconstruct conceptual standards regarding diversity, culture and teacher identities.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Tenner de Souza Rizzo, D., & de Mattos Pereira Mano, A. (2020). The perceptions of graduate students regarding diversity and culture in the construction of teacher identities. International Journal for Innovation Education and Research, 8(11), 555–566. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss11.2784
Section
Articles
Author Biographies

Deyvid Tenner de Souza Rizzo, Federal University of Mato Grosso do Sul – PPGE/UFMS

Professor at Postgraduate Program of Education

Amanda de Mattos Pereira Mano, Federal University of Mato Grosso do Sul – PPGE/UFMS

Professor at Postgraduate Program of Education

References

Bauman, Z. Identity: entrevista a Benedetto Vecchi, Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2005.

Bauman, Z. Modernidade Líquida. Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2001.

Besutti, J.; Redante, R. C.; Favero A. A. Formação e construção da identity docente a partir da narrativa de histórias de vida. Educação Por Escrito, Porto Alegre, 2017, pp. 260-277.

Camargo, B.V.; Justo, A. M. IRAMUTEQ: um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, 2013, pp. 513-518.

Ciampa, A. C. A estória do Severino e a história da Severina, Editora Brasiliense, São Paulo, 1987.

Cuche, D. A noção de cultura nas ciências sociais, EDUSC, Bauru, 2002.

Dubar, C. A crise das identitys – a interpretação de uma mutação, Edições Afrontamento, Porto, 2006.

Dubar, C. A socialização - construção das identitys sociais e profissionais, Martins Fontes, São Paulo, 2005.

Fourlan, E. G. M. et al. Inclusão na educação superior: formação e experiência docente, Avaliação, Campinas, 2020, pp. 416-438.

Fourquin, J. C. École et culture: le point de vue des sociologues britanniques, De Boeck-Université, Editions Universitaires, Paris, 1993.

Furtado, H. L.; Hostins, R. C. L. Avaliação da pós-graduação no Brasil. Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, 2014, pp. 15-23.

Geertz, C. A interpretação das culturas. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1989.

Gomes, N. L. Educação e diversidade étnico-cultural. In: Diversidade na educação: reflexões e experiências, MEC, Brasília, 2003.

Hall, S. A identity cultural na pós-modernidade. DP&A, São Paulo, 2006.

Hall, S. Cultural studies: two paradigms. In: STOREY, J (org.) What is Cultural Studies? A Reader, Arnold, London, 1996.

Laraia, R. B. Cultura: um conceito antropológico. Zahar, Rio de Janeiro, 2006.

Martin, A. G.; Segalla, J. I. S. da F. A desconstrução da diversidade por padrões: ponderações entre a igualdade e a diferença, Revista de Sociologia, Antropologia e Cultura Jurídica, Florianópolis, 2018, pp. 1-28.

Moreira, A. F. B.; Candau, V. M. Currículo, conhecimento e cultura: indagações sobre currículos, Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, Brasília, 2007.

Nascimento, A. R. A.; Menandro, P. R. M. Análise lexical e análise de conteúdo: uma proposta de utilização conjugada, Estudos e Pesquisas em Psicologia, Rio de Janeiro, 2006, pp. 72-88.

Nóvoa, A. Os professores e as histórias da sua vida. In: Nóvoa, A (Org.). Vidas de professores, Porto Editora, Porto, 2000, pp. 11-30.

Pimenta, S. G. (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente, Cortez, São Paulo, 2002.

Ratinaud, P.; Marchand, P. Application de la méthode ALCESTE à de "gros" corpus et stabilité des "mondes lexicaux": analyse du "Cable-Gate" avec IraMuTeQ. In: Actes des 11eme Journées internationales d'Analyse statistique des Données Textuelles, Liège, Belgique, 2012, pp. 835-844.

Rossi, J. C.; Marrero, J. C. F.; Paluan, T. T. D. A análise dos estudos culturais no contexto da cultura de convergência: um estudo de caso sobre o papel do receptor nas mídias sociais. In: XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste, Bauru , 2013.

Scherer, R. P. Modos de constituição da docência brasileira: tradicionalismo, competência técnica e boas práticas, Cadernos de Pesquisa, São Paulo, 2020, pp. 274-293.

Tardif, M. Saberes docentes e formação profissional, Vozes, Petrópolis, 2002.

Teixeira, F. C. et al. Entre pesquisa e docência: notas sobre o projeto formativo stricto sensu em Educação Física, Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, 2020, pp. 164-181.

Tripp, D. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica, Educação e Pesquisa, São Paulo, 2005, pp. 443-466.

Turner, J.C. Towards a cognitive redefinition of the social group. In: H. Tajfel (Ed.). Social identity and intergroup relations. Cambridge University Press, Cambridge, 1982.

Turnes, L. Pesquisa e pós-graduação: um estudo de caso sobre os usos das tecnologias por parte de doutorandos do PPGE/UFSC. 2014. 153 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

Urquiza, A. H. A. et al. Antropologia indígenas - 2° módulo - História Indígena. Ed. UFMS, Campo Grande, 2014.

Veras, R. M. et al. Initial teacher Education at Universidade Federal da Bahia: analysis of evening degrees, Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, São Paulo, 2020, pp. 695-717.