University Library and Accessibility in the Remote Assistance to Users with Sensorial Disability

Main Article Content

Joseana Costa Lemos
Thelma Helena Costa Chahini

Abstract

In a context marked by mandatory social distancing as a measure of fighting the Coronavirus Disease 2019 (Covid-19), the Universidade Federal do Maranhão (UFMA) library had to intensify offering their services remotely. Therefore, we analyzed how these services are disseminated through the website for the users with sensorial disabilities. We performed a documental analysis, evaluated the library’s website through the “Web for all movement” organization, and through direct observation of the services made available by the library’s website. Accessibility and communication problems for users with sensory disabilities included the inexistence of audio description for blind users and the interpretation of the Brazilian Sign Language by the avatar, which does not meet the informational necessities of deaf users. Given the observed facts, we found that UFMA’s library has to articulate improvements regarding the rules of communication accessibility aiming for information democratization, autonomy and promotion of social and educational inclusion of the disabled person.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Lemos, J. C., & Costa Chahini, T. H. (2020). University Library and Accessibility in the Remote Assistance to Users with Sensorial Disability. International Journal for Innovation Education and Research, 8(10), 405-416. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss10.2694
Section
Articles
Author Biographies

Joseana Costa Lemos, Universidade Federal do Maranhão

Bibliotecária do Setor de Referência da Diretoria Integrada de Bibliotecas (DIB). Mestranda em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maranhão, Brasil.

Thelma Helena Costa Chahini, Universidade Federal do Maranhão. Maranhão, Brasil

Doutora em Educação com Pós-Doutorado em Educação Especial. Professora Associada da Universidade Federal do Maranhão. Campus Dom Delgado

References

Cunha, M. B., & Cavalcanti, C. R. O. (2008). Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos.

Decreto n° 5.626, de 22 de dezembro de 2005. (2005, 23 de dezembro). Regulamenta a Lei Nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e o art. 18 da Lei Nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da União, seção 1.

Gertner, S. R. C. B., & Vasconcellos, L. C. F. (2020). Trabalho, inclusão e acessibilidade no pós pandemia: para onde vamos? In A. Mendes, A. B. Vinagre, A. Amorim, E. Chaveiro, K. Machado, L. C. F. Vasconcellos, et al. Diálogos sobre acessibilidade, inclusão e distanciamento social: territórios existenciais na pandemia (pp. 21-23). Rio de Janeiro: Fiocruz.

Lei n° 10.098, de 19 de dezembro de 2000. (2000, 20 de dezembro). Estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Diário Oficial da União, seção 1.

Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. (2015, 7 de julho). Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União, seção 1.

Martins, L. M. B. (2002). O profissional da informação e o processo de mediação da leitura. In C. A. Castro (Org.). Ciência da informação e biblioteconomia: múltiplos discursos. São Luís: Edfama/Edufma.

Martins, R. X. (2020). A Covid-19 e o fim da educação a distância: um ensaio. Em Rede: Revista de Educação a Distância, 7(1), 242-256. Recuperado em 26 de maio, 2020, de https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/620.

Moraes, M. (2010). PesquisarCOM: política ontológica e deficiência visual. In M. Moraes, & V. Kastrup (Orgs.). Exercícios de ver e não ver: arte e pesquisa com pessoas com deficiência visual. Rio de Janeiro: Nau.

Motta, L. M. V. M., & Romeu Filho, P. (Orgs.). (2010). Audiodescrição: transformando imagens em palavras. São Paulo: Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Movimento Web para Todos. (2017). Os benefícios de um site acessível. São Paulo; MWPT. Recuperado em 26 de maio, 2020, de https://mwpt.com.br/acessibilidade-digital/beneficios/.

Pereira, P. C., Borges, F. F., Batista, V. P. S., & Teles, L. F. (2019). Identificando práticas pedagógicas no Instagram: uma revisão sistemática. Itinerarius Reflectionis, 15(2), 1-19. Recuperado em 10 de julho, 2020, de https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/55543.

Ranganathan, S. R. (2009). As cinco leis da biblioteconomia. Brasília, DF: Briquet de Lemos.

Sá, G. (2020). Avaliação do site. Mensagem recebida por em 23 jul. 2020.

Santos, B. S. (2020). A cruel pedagogia do vírus. Coimbra: Edições Almedina.

Sassaki, R. K. (2010). Inclusão: construindo uma sociedade para todos (8ª ed.). Rio de Janeiro: WVA.

Silva, R. A., Costa, M. K. A., & Crivellari, H. M. T. (2014). A formação do bibliotecário para atuar na sociedade inclusiva. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 15. Belo Horizonte, MG. Recuperado em 15 de agosto, 2020, de http://enancib2014.eci.ufmg.br/documentos/anais/anais-gt6.

Sonza, A. P., Santarosa, L., & Conforto, D. (2008). Ambientes virtuais acessíveis sob a perspectiva de usuários deficientes visuais. Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, 19. Fortaleza, CE. Recuperado em 10 de agosto, 2020, de https://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/690.

Sousa, R. B. (2018). Biblioteca Pública Benedito Leite e acessibilidade na web. Monografia de Graduação, Universidade Federal do Maranhão, São Luís. Recuperado em 21 de julho, 2020, de https://monografias.ufma.br/jspui/bitstream/123456789/2793/1/RayanaSousa.pdf.

Souza, M. S., Costa, M. F. O., Tabosa H. R., & Araripe F. M. A. (2013). Acessibilidade e inclusão informacional. Informação, 18(1), 1-16.

Stroporo, E. M., & Moreira, L. C. (2016). Acessibilidade informacional na biblioteca universitária: em foco o aluno com deficiência. REUNIÃO CIENTÍFICA REGIONAL DA ANPED, 11, 2016. Curitiba, PR.

Universidade Federal do Maranhão [UFMA]. (2020a). Histórico da Biblioteca. Recuperado em 15 de agosto, 2020, de http://portais.ufma.br/PortalUnidade/nib/paginas/pagina_estatica.jsf?id=121.

Universidade Federal do Maranhão [UFMA]. (2020b). Educação, trabalho, dedicação, mérito, reconhecimento, conquista. Recuperado em 29 de julho, 2020, de https://portais.ufma.br/PortalUnidade/dib/paginas/noticias/noticia.jsf?id=56599.

Universidade Federal do Maranhão [UFMA]. (2020c). Hoje é dia de dicas de normalização: citação de documentos de um mesmo autor. Recuperado em 29 de julho, 2020, de https://www.instagram.com/p/CC4bRDPJ8mJ/.

Universidade Federal do Maranhão [UFMA]. (2020d). Fontes de informação. Recuperado em 29 de julho, 2020, de http://www.ufma.br/portalUFMA/arquivo/6UQYqSGneagK3er.pdf.