Process of Appropriating Mathematical Concepts Mediated by Teaching Activity

Main Article Content

Neuton Alves de Araújo
Cristiane de Sousa Moura Teixeira
Francisco de Paula Santos de Araujo Junior
Anna Karla Barros da Trindade

Abstract

Given the importance of Teaching Orientation Activity (AOE) as an articulated set of teachers' intentionality with the possibility of promoting mathematical theoretical-scientific thinking, the purpose of this study is to analyze the process of appropriation of mathematical concepts of teaching elementar school teachers, inserted in a project of continuous formation in the perspective of Historical-Cultural Theory / Activity Theory. Regarding the process of apprehension of the investigated phenomenon, the historical logical movement of the concepts was based, based on the assumptions of Historical and Dialectical Materialism, advocated by Karl Marx. The evidence was being evidenced, especially through the preparation and development of AOE by teachers participating in continuing education, which allowed us to go beyond the appearance and fossilization of the process of appropriation of concepts, apprehending the historical mediations that comprised the phenomenon under investigation . On the techniques of data production, field observations, video recordings of the formative meetings and reflective session were worked on. It was adopted as an analytical procedure, the method of deployment in units of analysis proposed by Vigotski and complemented by the idea of ​​"episodes" of learning (MOURA, 2004). It was observed that the teachers during the experience with the AOE, in a dialectical movement, little by little, were identifying different elements of the problem situations, commonly worked in the classroom, subsidized by formal logic. Thus, they acquire a level of awareness in the sense that as teachers, the need must be created, as well as the objective and subjective reasons and conditions for students to enter into learning activity.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Alves de Araújo, N., de Sousa Moura Teixeira, C. ., Santos de Araujo Junior, F. de P., & Barros da Trindade, A. K. (2020). Process of Appropriating Mathematical Concepts Mediated by Teaching Activity. International Journal for Innovation Education and Research, 8(10), 365-383. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss10.2690
Section
Articles
Author Biographies

Neuton Alves de Araújo, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Professor Adjunto do Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino, da Universidade Federal do Piauí, Teresina - PI.

Anna Karla Barros da Trindade, Instituto Federal do Piauí - IFPI

Licenciada em Matemátíca - UFPI
Mestra em Matemática - UFPI
Professora do Instituto Federal do Piauí - IFPI

References

ARAUJO, E. S. Contribuições da teoria histórico-cultural à pesquisa em Educação Matemática: a Atividade Orientadora de Pesquisa. Horizontes, v. 31, n. 1, jan./jun. 2013, p. 81-90.

BERNARDES, M. E. M. Mediações simbólicas na atividade pedagógica: contribuições da Teoria Histórico-Cultural para o Ensino e a Aprendizagem. Curitiba, PR: CRV, 2012.

CARAÇA, B. de J. Conceitos fundamentais da Matemática. Lisboa: Gradiva, 2010.

D'AMBRÓSIO, B. S. Formação de professores de matemática para o século XXI: o grande desafio. Pró-Posições, Campinas, v. 4, n. 1, p.35-41, mar. 1993

DAVIDOV, V. V. Tipos de generalización em la enseñanza. Havana: Pueblo y Educación, 1982.

DAVIDOV, V. V. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico: investigación psicológica teórica y experimental. Moscou: Editorial Progresso, 1988a.

DAVIDOV, V. V. Problemas do ensino desenvolvimental: A experiência da pesquisa teórica e experimental na psicologia. Trad. de José Carlos Libâneo e Raquel A. M. da Madeira Freitas. Educação Soviética, v. XXX, n. 8, ago. 1988b.

FERREIRA, M. S. Buscando caminhos: uma metodologia para o ensino-aprendizagem de conceitos. Brasília: Liber livro, 2009.

GASPARIN, J. L. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

KOPNIN, P. V. A dialética como lógica e teoria do conhecimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

KOSIK, K. Dialética do concreto. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

KOZULIN, A. Inter-relação entre os paradigmas Vygostkinianos e da Experiência de Aprendizagem Mediada (EAM) na capacitação de docentes. Disponível em: http://www.cdcp.com.br/artigo-inter.php#. Acesso em: 10 abr. 2020.

LANNER DE MOURA, A. R. Movimento conceptual em sala de aula. In: MIGUEIS, M. da R; AZEVEDO, M. da G. Educação Matemática na infância: abordagens e desafios. Vila Nova de Gaia/Portugal: Gailivro, 2007. p. 65-83.

LEONTIEV, A. N. Os princípios do desenvolvimento mental e o problema do atraso mental. In: Luria, A. R; LEONTIEV, A. N; VIGOTSKY, L. S. et al. Psicologia e Pedagogia I. Lisboa: Editorial Estampa, 1977. p. 99-119.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte Universitário, 1978.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. in: VIGOTSKII, L; LURIA, A; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2010.

LIUBLINSKAIA, A. Desenvolvimento psíquico da criança. Lisboa: Editorial Estampa, 1973. Tradução de Luís Marques Silva.

MALDANER, A. Educação Matemática: fundamentos teórico-práticos para professores dos anos iniciais. Porto Alegre: Mediação, 2011.

MORAES, S. P. G. Avaliação do processo de ensino e aprendizagem em Matemática: contribuições da teoria histórico-cultural. 2008. 261f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

MORETTI, V. D. Professores de Matemática em atividade de ensino: uma perspectiva histórico-cultural para a formação docente. 2007. 161 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

MORETTI, V. D; MOURA, M. O. de Professores de Matemática em atividade de ensino: contribuições da perspectiva histórico-cultural para a formação docente. Ciência & Educação, v. 17, n. 2, p. 435-450, 2011.

MOURA, M. O. de. A atividade de ensino como unidade formadora. Bolema, Rio Claro, n. 12, 1996. p. 29-43.

MOURA, M. O. de. A atividade de ensino como ação formadora. In: CASTRO, A; CARVALHO, A (orgs). Ensinar a ensinar: didática para a escola. São Paulo: Pioneira, 2001.

MOURA, M. O. de. Pesquisa colaborativa: um foco na ação formadora. In: BARBOSA, R. L. L. (Org.). Trajetórias e perspectivas da formação de educadores. São Paulo: Editora Unesp, 2004. p. 257-285.

MOURA, M. O. de. Matemática na Infância. In: MIGUÉIS, M.; AZEVEDO, G. (orgs.). Educação Matemática na Infância: abordagens e desafios. Vila Nova de Gaia/Portugal: Gailivro, 2007. p. 39-64.

MOURA, M. O. de (Org.) A atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Brasília: Liber Livro, 2010.

MOURA, M. O. de. A dimensão da alfabetização na educação matemática infantil. In: KISHIMOTO, T. M; OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. (Orgs.). Em busca da pedagogia da infância: pertencer e participar. Porto Alegre: Penso, 2013.

MOURA, M. O. de; SFORNI, M. S. de F; ARAÚJO, E. S. Objetivação e apropriação de conhecimentos na atividade orientadora de ensino. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, jan./abr. 2011, p. 39-50.

POZEBON, S; HUNDERTMARCK, J; FRAGA, L. P. Futuros professores aprendendo e ensinando Matemática: Um caso de ensino de Geometria. XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, UNICAMP, Campinas, 2012. Disponível em: http://www.infoteca.inf.br/endipe/smarty/templates/arquivos_template/upload_arquivos/acervo/docs/2650p.pdf. Acesso em: 15 abr. 2020.

RIBEIRO, F. D. A aprendizagem da docência na prática de ensino e no estágio: contribuições da teoria da atividade. 2011. 196f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

RIGON, A. J.; ASBAHR, F. da S. F; MORETTI, V. D. Sobre o processo de humanização. In: MOURA, M. O. de (Org.). A atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Brasília: Liber livro, 2010. p. 13-44.

SFORNI, M. S. de F. Aprendizagem conceitual e organização do ensino: contribuições da Teoria da Atividade. São Paulo: Junqueira e Marin, 2004.

SFORNI, M. S. de F. O que a organização do ensino de conceitos revela sobre a qualidade da aprendizagem?, s.d. Disponível em: http://www.abpp.com.br/abppprnorte/pdf/a16Sforni03.pdf. Acesso em: 10 mar. 2020.

SILVA, I. da. História dos pesos e medidas. São Carlos: EdUFSCar, 2004.

VYGOTSKI, L. S. Teoria e método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes. 2004.

VYGOTSKI, L. S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

VYGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2009.