Study of the Applicability of the Restriction Theory and the Value Stream Mapping in the Management of Processes of the Legal Practice Nucleus of a Law Faculty in Rondônia, Brazil

Main Article Content

Acsa Liliane Carvalho Brito Souza
Prof. Dr. Ricardo Jorge da Cunha Costa Nogueira

Abstract

This article aims to discuss, based on the researcher’s observation during the years 2017 to 2019, about the flow of lawsuits from a Legal Practice Nucleus of a law faculty, in the city of Porto Velho, Rondônia, Brazil, highlighting the lawsuits of the family court, because these processes need urgency and usually take time in the elaboration of their pieces. This research will present a study on how the Value Stream Mapping and the Restriction Theory help to decrease or eliminate time losses in the process of this NPJ. For the development, used an analytical literature review methodology on the Restriction Theory and Value Stream Mapping. The research subjects were the agents involved in the activities of the NPJ and the data collected by the participant’s observation method.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Carvalho Brito Souza, A. L., & Nogueira, P. D. R. J. da C. C. . (2020). Study of the Applicability of the Restriction Theory and the Value Stream Mapping in the Management of Processes of the Legal Practice Nucleus of a Law Faculty in Rondônia, Brazil. International Journal for Innovation Education and Research, 8(6), 154-166. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss6.2385
Section
Articles

References

PACHECO, D. A. J; ANTUNES JR., J.A.V; LACERDA, D. P; GOLDMEYER, D. B; GILSA, C. V; Modelo de Gerenciamento da Capacidade Produtiva: Integrando Teoria das Restrições e o Índice de Rendimento Operacional Global (IROG). Revista Produção Online, v.12, n. 3, p. 806-826, 2013.

Krafcik, J. (1998). Truimph of the Lean Production System. Lean Thinking Pty Ltd, Developing Lean Experts Globally.

DA SILVA, M.G. Jidoka: conceitos e aplicação da autonomação em uma empresa da indústria eletrônica. Revista Espacios, v. 37, n 2, 2016.

EVANGELISTA, C.S.; GROSSI, F.M.; BAGNO, R.B. Lean Office–escritório enxuto: estudo da aplicabilidade do conceito em uma empresa de transportes. Revista Produção e Engenharia, v. 5, n. 1, p. 462-471, 2015.

WOMACK, J. P., Jones, D. T., & Roos, D. (1990). The Machine that Changed the World:

CURADO, André Gil. Aplicação da Metodologia Lean numa organização: Estudo de caso, Tese de Mestrado em Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, Lisboa, Portugal, Outubro de 2018. Disponível em: https://repositorio.ipl.pt/handle/10400.21/9579, Acesso em: 10 abr. 2019.

OHNO, T. (1988). Toyota Production System: Beyond large-scale production. New York: Productivity Press.

ALVES, Ana Soraia Dias. Implementação de princípios e ferramentas Lean numa empresa de componentes plásticos para a indústria automóvel. Tese de Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Minho. Portugal, Outubro de 2014. Disponível em: <http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/33173> .Acesso em: 26 abr. 2019.

REZENDE, D. et al. Lean Manufacturing: Redução de desperdícios e a Padronização dos Processos. Faculdade de Engenharia de Resende – RJ, 2015, Disponível em https://www.aedb.br/wp-content/uploads/2015/05/104157.pdf, Acesso em 01 maio 2019.

CHIMINELLI, C., PEREIRA, R.; HATAKEYAMA, K. Implementação de melhorias no setor têxtil empregando metodologia lean manufacturing e simulação no software Flexsim. Revista Espacios, v. 38, n. 19, p 36, 2017.

CARNEIRO, C.J.M.; COSTA, R.S.; JARDIM, L.S.; VIANA, A.L.; SANTOS, R.M.S. Proposta de uso do lean office na redução do tempo de atendimento na análise de projetos das indústrias do polo industrial de Manaus. Revista Espacios, v. 38, n. 19, p. 9, 2017.

BARBALHO, S.C.M.; NITZSCHE, M.C.M.; DANTAS, A.S. Melhoria de processos na gestão pública: uma pesquisa-ação com foco nas atividades administrativas. Revista de Iniciação Científica da Ulbra N° 16/2018. Programa de intercâmbio estudantil de uma universidade pública. Revista Produção Online, v. 17, n. 2, p. 406-439, 2017.

TAPPING, D.; SHUKER, T. Lean Office gerenciamento do fluxo de valor para áreas administrativas: 8 passos para planejar, mapear e sustentar melhorias Lean nas áreas administrativas. São Paulo: Leopardo Editora, 2010. Coleção Hemus Produção.

GREEF, Ana Carolina; FREITAS, Maria do Carmo Duarte; ROMANEL, Fabiano Barreto. Lean Office: Operação, Gerenciamento e Tecnologias. São Paulo: Atlas, 2012. 224 p.

NOREEN, E.; SMITH, D.; MACKEY, J.T. A teoria das restrições e suas implicações na contabilidade gerencial. São Paulo: Educador, 1996. 184 p.

GOLDRATT, Eliyahu M. Mais que sorte...Um processo de Raciocínio. São Paulo, Educator, 1992.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. – 9º. ed. – São Paulo: Atlas, 2003.

CORRÊA, Henrique L.; GIANESI, Irineu G.N. Just In Time, MRP II e OPT: um enfoque estratégico. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1996.

RAHMAN, Shams-ur. Theory of constraints: A review of the philosophy and its applications. International Journal of Operations & Production Management. Vol. 18 Iss: 4, pp.336 – 355, 1998.

CORBETT NETO, Thomas. Contabilidade de Ganhos: a nova contabilidade gerencial de acordo com a Teoria das Restrições. São Paulo: Nobel, 1997.

KURATOMI, Maine; GUERREIRO, Reinaldo. Ferramentas de maximização de resultados em empresas com restrições de oferta: uma comparação entre a contabilidade de ganhos e o RevenueManagement. 8º Congresso USP de Iniciação Científica em Contabilidade. São Paulo/SP 28 e 29 julho de 2011.

NASATO, Caroline Mollon. Lean Office aplicado no gerenciamento de informações no setor de pesquisa e desenvolvimento. 2016. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão de Comércio Internacional) – Universidade Estadual de Campinas, Limeira, 2016.

ROTHER, M., & SHOOK, J. Aprendendo a Enxergar: Mapeando o Fluxo de Valor para Agregar Valor e Eliminar Desperdício. São Paulo: Lean Institute Brasil, 2003.

BENETTI, H. P. Diretrizes para avaliar a estabilidade do fluxo de valor sob a perspectiva da mentalidade enxuta. Tese de Doutorado em Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Dezembro de 2010. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/28931/000773521.pdf?sequence=1 Acesso em: 26 abr. 2019.

RENTES, A. F. TransMeth: proposta de uma metodologia para condução de processos de transformação de empresas. Tese de Doutorado apresentada à Escola 223 de Engenharia de São Carlos – USP, 2000. Disponível em: <http://www.hominiss.com.br/sites/default/files/teses_artigos/Transmeth_A_Rentes.pdf> Acesso em 4 dez. 2015.

MAGALHÃES, Ione Rolim Vinhorte. Lean Office: Estudo da Aplicabilidade conceitual na gestão pública Municipal, Dissertação de Mestrado em Engenharia da Produção apresentada à Universidade Federal do Amazonas –Manaus, 2017. Disponível em: < https://tede.ufam.edu.br/bitstream/tede/5792/5/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Ione%20R.%20V.%20Magalh%C3%A3es.pdf> Acesso em 4 dez. 2018.

FERRO, J.R. Apresentação. Revista comemorativa de 10 anos de fundação do Lean Institute Brasil. 1998–2008. São Paulo, novembro de 2008. Disponível em: <http://www.lean.org.br/comunidade/downloads/revista_lib_10anos.pdf> Acesso em: 29 nov. 2018

LUZ, Águida de Araújo Carvalho; BUIAR, Denise Rauta. Mapeamento do Fluxo de Valor – Uma ferramenta do Sistema de Produção Enxuta. XXIV Encontro Nac. de Eng. de Produção - Florianópolis, SC, Brasil, 03 a 05 de nov de 2004. Disponível em: <http://www.abepro.org. br/biblioteca/ENEGEP2004_Enegep0103_1155.pdf>. Acessado em 25 ago. 2018.

PRODANOV, Cleber Cristiano. FREITAS, Ernani Cesar de Freitas. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico,. – 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013.