Youth Education in Contest A Study of The Encyclical Divini Illius Magistri (1929)

Main Article Content

Cicero Edinaldo dos Santos
Patrícia Helena Carvalho Holanda

Abstract

This article aims to understand the enunciative flows and frictions of the Catholic Church on youth education. It uses the qualitative approach and its research materials are some bibliographic and documentary references, with special emphasis on the encyclical Divini Illius Magistri, promulgated by Pius XI, on December 31, 1929. It uses the description and analysis of utterances as theoretical-methodological contributions. It considers that youth education has become the agenda of dispute between the Catholic Church, the family and civil society. According to Pius XI, there was a hierarchy between such institutions that could not be challenged. The father and mother, as Christian devotees, used to be considered the first educators and should be attentive to their functional roles at home. Without the execution of these prescriptions, youth education could be weakened or even succumbed in "modern times".

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Santos, C. E. dos, & Holanda, P. H. C. (2020). Youth Education in Contest: A Study of The Encyclical Divini Illius Magistri (1929). International Journal for Innovation Education and Research, 8(5), 562-572. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss5.2271
Section
Articles
Author Biographies

Cicero Edinaldo dos Santos, Urban Studies, Sustainability and Public Policies Laboratory (LAURBS - UFCA)

Collaborating Researcher

Patrícia Helena Carvalho Holanda, Universidade Federal do Ceará

Associate Professor IV

References

AUAD, Daniela. Relações de gênero nas práticas escolares: da escola mista ao ideal de co-educação. 2004. 232f. Tese (Doutorado em Educação: Sociologia da Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
BERGER, Peter. O dossel sagrado. São Paulo: Paulus, 2003.
FISCHER-WOLLPERT, Rudolf. Os Papas e o papado: de Pedro a João Paulo II. Petrópolis: Editora Vozes, 1999.
FOUCAULT, Michel. A Arqueologia do Saber. 6. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.
FOUCAULT, Michel. Poder e saber. In: FOUCAULT, Michel. Estratégia, poder-saber. Ditos e Escritos IV. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012. p. 218 – 235.
HARARI. Yuval Noah. Sapiens: uma breve história da humanidade. Porto Alegre, RS: L± 2018.
KÜNG, Hans. A Igreja Católica. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.
LEÃO XIII, Papa (1878-1903). Bula Rerum Novarum: sobre a condição dos operários. 15 de maio de 1891.
LE GOFF, Jacques. Antigo/Moderno. In: História e memória. Campinas: Editora Unicamp, 2003. p.173-184.
LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.
MATA, Sérgio da. História e Religião. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Ubi Arcano Dei Consílio: sobre os desígnios de Deus. 23 de dezembro de 1922.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Quas Primas: sobre Cristo Rei. 11 de dezembro de 1925.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Miserentissimus Redemptor: sobre o ato de reparação do Sagrado Coração de Jesus. 8 de maio de 1928.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Mortalium animos: sobre a promoção de unidade da religião. 6 de janeiro de 1928.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Divini Illius Magistri: sobre a educação cristã da juventude. 31 de dezembro de 1929.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Quadragesimo anno: sobre o 40º aniversário da Rerum novarum. 15 de maio de 1931.
PIO XI, Papa (1922-1939). Encíclica Divinis Redemptoris: sobre o comunismo Ateu. 19 de março de 1937.
VEIGA-NETO, Alfredo. Foucault & a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.