Social-cultural and educational practices

is the university prepared for the social question of aging?

Authors

  • Camila Kuhn Vieira Universidade de Cruz Alta
  • Carine Nascimento da Silva Universidade de Cruz Alta https://orcid.org/0000-0001-9908-5291
  • Ana Luisa Moser Keitel Universidade de Cruz Alta
  • Solange Beatriz Billig Garces Universidade de Cruz Alta
  • Patrícia Dall'Agnol Bianchi Universidade de Cruz Alta
  • Marcelo Cacinotti da Costa Universidade de Cruz Alta

DOI:

https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss3.2219

Keywords:

Aging, Education, Socio Cultural Practices

Abstract

We are living a period of demographic increase in the elderly population in Brazil and worldwide. Among the main causes are the decrease in infant and elderly mortality due to medical scientific achievements. This makes society and families increasingly live in their family and institutional spaces with older people. Situations such as the large concentration of people in urban centers, the liquid, individualistic, hedonistic and presentist society reflect as characteristics for the life of the elderly population, which wants to take advantage of the opportunities that life can provide, living in spaces public with different generations. In this sense, we understand that population aging has become a pressing social issue, which institutions such as the University, for example, have an obligation to account, especially in the sense of reflection, research in the area and opportunities for training / qualification for both the elderly as for the professionals who will work with this audience.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biography

Camila Kuhn Vieira, Universidade de Cruz Alta

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social da Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ, Cruz Alta, Rio Grande do Sul- RS, Brasil. Bolsista Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Graduação em Enfermagem pela UNICRUZ. 

References

[1] BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Tradução Plínio Dentzien. Rio de Janeito: Jorge Zahar Ed. 2001.

[2] BRASIL, Lei nº 8.842, de 4 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Brasília [DF], 1994.

[3] BRASIL, Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Brasília [DF], 2003.

[4] BRASIL, Secretaria de Direitos Humanos. Secretaria Nacional de Promoção Defesa dos Direitos Humanos. Coordenação Geral dos Direitos do Idoso. Dados sobre o envelhecimento no Brasil. Brasília – DF, 2019.

[5] CACHIONI, M.; TODARO, M. A. Política Nacional do Idoso: Reflexão acerca das intenções direcionadas à educação formal. In: ALCÂNTARA, A. O.; CAMARANO, A. A.; GIACOMIN, K. C. Política nacional do idoso: velhas e novas questões. Rio de Janeiro: Ipea, 2016.

[6] CAMARANO, A. A. (Org.). Novo Regime Demográfico: uma nova relação entre população e desenvolvimento? Rio de Janeiro: IPEA, 2014.

[7] CAMARANO, A. A. Jovens e idosos nordestinos exemplos de trocas intergeracionais? Ipea: Rio de Janeiro, 2004.

[8] GARCES, S. B. B. et al. A experiência da Universidade de Cruz Alta na valorização e promoção da saúde do idoso. In: GARCIA, B. R. Z.; BAPTISTA G. L.(Org.). Saúde: a contribuição de extensão universitária. Joinville (SC): Editora da Univille, 2013.

[9] GARCES, S. B. B. et al. O envelhecimento populacional: O compromisso da Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ - Para atender essa questão social. In: BERLEZI, E.M.; FILHO, L. S.; GARCES, S. B. B. (org.) Envelhecimento Humano: compromisso das universidades gaúchas. Íjui: Ed. Unijuí, 2016.

[10] LIPOVETSKY, G. Tempo contra tempo, ou a sociedade hipermoderna. In: LIPOVETSKY, G. Os tempos hipermodernos. Tradução Mário Vilela. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

[11] MOTTA, A. B. A atualidade do conceito de gerações na pesquisa sobre envelhecimento. Brasília [DF]. Revista Sociedade e Estado, v. 25, n. 2, 2010. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/se/v25n2/05.pdf>. Acesso em: 06 dez 2019.

[12] SENADO FEDERAL, Lei do Senado n° 501 de 2015. Brasília [DF], 2015.

[13] UNICRUZ. Plano de Desenvolvimento Institucional 2018-2022. Cruz Alta- RS, 2018.

Downloads

Published

2020-03-01
CITATION
DOI: 10.31686/ijier.vol8.iss3.2219

How to Cite

Vieira, C. K., Silva, C. N. da ., Keitel, A. L. M. ., Garces, S. B. B., Bianchi, P. D. ., & Costa, M. C. da. (2020). Social-cultural and educational practices: is the university prepared for the social question of aging?. International Journal for Innovation Education and Research, 8(3), 141–149. https://doi.org/10.31686/ijier.vol8.iss3.2219
Received 2020-02-07
Published 2020-03-01