Economic Feasibility Study Generated on Replacing Tubular Fluorescent Lamps with Led Lamps in a Commercial Building

Authors

  • Nilzemar da Silva Mariano
  • Livia da Silva Oliveira
  • David Barbosa de Alencar ITEGAM
  • Eliton Smith dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.31686/ijier.vol7.iss11.1943

Keywords:

energy consumption, benefits, lighting

Abstract

The present study has as main objective to verify the reduction of electric energy consumption, allied to the possible economic-financial and environmental benefits that are associated with the use of LED lamps in a commercial building, where it develops office activities covering only part of the building. , which served as the experimental basis for the application of the case study, initiated after a survey of the electrical and constructive characteristics of the luminaires installed on site. In research conducted in the local market specialized in the subject, we selected lamps that are more easily found, analogous to those already installed, manufactured by traditional companies in the field. The monitoring of lighting loads was made by measuring by specific equipment and simulation of energy billing according to the rules of calculations established in rules governed by government agencies and tariff framework in which the building is in both scenarios, before and after lamp replacement. Providing financial technical evaluation through the use of indicators that show the viability of this substitution.

Downloads

Download data is not yet available.

References

[1] ROMÉRO, M. A.; REIS, L. B. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM EDIFÍCIOS: Eficiência energética e desafios do desenvolvimento sustentável. 1ª edição. Barueri – SP: Manole, 2012.

[2] PROCELINFO.O Programa. Disponível em: <http://www.procelinfo.com.br/main.asp?Team=%7B505F F883%2DA273%2D4C47%2DA14E%2D0055586F97FC%7D>, Acesso em 12 de nov. 2018.

[3] CONPET (Brasil).Benefício global. Disponível em: <http://www.conpet.gov.br/portal/conpet/pt_br/ conteudo-gerais/conpet.shtml>, Acesso em 10 de set. 2019.
[4] O GLOBO. FATOS HISTÓRICOS: Da falta de estrutura fez-se a ‘crise do apagão’ no Brasil do início do século XXI, Local: Acervo O Globo, pub. 07 de ago. 2013. Disponível em: <https://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/da-falta-de-estrutura-fez-se-crise-do-apagao-no-brasil-do-inicio-do-seculo-xxi-9396417#ixzz5WpjBWisB>, Acesso em 13 de nov. 2018.

[5] BANCO DE INFORMAÇÕES DE GERAÇÃO – BIG (Brasil).Matriz de energia elétrica. Disponível em <https://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/capacidadebrasil/OperacaoCapacidadeBrasil.cfm>, Acesso em 15 de nov. 2018.

[6] EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA – EPE (Brasil).Consumo de energia elétrica: Consumo anual de energia elétrica por classe (nacional). Disponível em: <http://epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/consumo-de-energia-eletrica/consumo-anual-de-energia-eletrica-por-classe-(nacional)>, Acesso em 08 de set. 2019.

[7] BOUTS, Daniel D.et al.Os avanços e as tendências da tecnologia eletromecânicas: Potencial de economia de energia com uso de LEDs em residências. Eletricidade Moderna, 505ª ed., p. 48-51, abril 2016.

[8] CREDER, Hélio. Instalações elétricas: Lâmpadas Fluorescentes. Atualização e revisão Luiz Sebastião Costa. 16ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2016.

[9] ACHENBACH, Joel. Guia de Iluminação: Reatores. Disponível em: <https://pt.scribd.com/document/23367 1609/Guia-Dai-Lumina-Cao>, Acesso em 15 de set. de 2019.

[10] RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 (ANEEL). Fator de potência. Disponível em <http://www2.aneel. gov.br/cedoc/ren2010414.pdf>, Acesso em 28 de set. 2019.

[11] LORENZ, K.; MARQUES, J. G.; MONTEIRO, T. Díodos emissores de luz e iluminação: Como funciona um LED.Vol. 39, pág. 51, 2016. Disponível em: <https://www.spf.pt/magazines/GFIS/119>, Acesso em 26 de set. de 2019.

[12] INMETRO (Brasil). Lâmpada LED.Disponível em: <http://www.inmetro.gov.br/inovacao/ publicacoes/ cartilhas/lampada-led/lampadaled.pdf>, Acesso em 07 out. de 2019.

[13] MANNATO, Ana C. Aplicação da iluminação em ambientes comerciais e corporativos:Grandezas luminotécnicas e suas definições básicas, 14ª ed., Vol. 01, Goiânia, dezembro 2017.

[14] AMAZONAS ENERGIA. Tarifas. Disponível em: <www.amazonasenergia.com/cms/index .php/portal-do-cliente/setor-eletrico/tarifas/> Acesso em 01 out. 2019.

[15] BARROS, B. F., BORELLI, Reinaldo, GEDRA, R. L. Gerenciamento de Energia: Ações Administrativas de Gerenciamento. 2ª edição. São Paulo: Érica, 2016.

[16] AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL (Brasil) Postos Tarifários. Disponível em: <https://www.aneel.gov.br/postos-tarifarios>, Acesso em 20 de março de 2019.

[17] MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Universidade Federal de São Paulo. GT de restituição tributaria:Faturas de Energia Elétrica (média/alta tensão). UNIFEST. Osasco – SP. 2017.

[18] MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA – MME (Brasil). Manual de Tarifação da Energia Elétrica. Agosto. 2011. http://www.mme.gov.br/documents/10584/1985241/Manual%20de%20Tarif%20En%20El%20-%20Procel_EPP%20-%20Agosto-2011.pdf>, Acesso em 03 out. de 2019.

[19] MOREIRA, J. R. S. Energias renováveis, geração distribuída e eficiência energética: Análise de investimentos aplicada a projetos de energia. 1ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2018.

[20] VIANNA, R. M. I., Matemática Financeira: Conceitos Fundamentais. Salvador:UFBA,Faculdade de Ciências Contábeis; Superintendência de Educação a Distância, 2018. Disponível em:<https://educapes.capes.gov.br/bitstream /capes/430116/2/eBook_Matem%C3%A1tica_Financeira_UFBA.pdf>. Acesso em 23 de out. de 2019.

[21] BANCO CENTRAL DO BRASIL. Taxa Selic. Disponível em <https://www.bcb.gov.br/controleinflacao /taxaselic>, Acesso em 14 de out. de 2019.

[22] SOUSA, M. A.; RAMOS, G. L. S.; CAMPOS, P. S., Estudo comparativo entre lâmpadas fluorescentes e LED, aplicado no ambiente de uma universidade pública no estado do Amazonas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, VII, 2017, Panará. Anais Eletrônico...Disponível em: <http://aprepro.org.br/conbrepro /2017/anais.php?ordem01=titulo&ordem 02=titulo>, Acesso em 21 de out. de 2019.

[23] GODINHO, J. M.; ROCCA, G. A. D.; SILVA, F. C. F.; STEFENON, S. F.; GARCIA, A., Estudo da Eficiência Energética e Viabilidade Econômica Voltado à Iluminação do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da UNIPLAC. Espacios, Vol. 38, nº 42, pág. 6, 2017. Disponível em: <http://revistaes pacios.com/a17v38n42/17384206.html>, Acesso em 20 de out. de 2019.

Downloads

Published

30-11-2019

How to Cite

da Silva Mariano, N., da Silva Oliveira, L., Barbosa de Alencar, D., & Smith dos Santos, E. (2019). Economic Feasibility Study Generated on Replacing Tubular Fluorescent Lamps with Led Lamps in a Commercial Building. International Journal for Innovation Education and Research, 7(11), 872–884. https://doi.org/10.31686/ijier.vol7.iss11.1943

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>