The Relevance of Information Security Policy in the Logical Part of the Company

Main Article Content

Igor da Silva Corocher
Barbara Lopes Felsenthal
Bruno Pereira Gonçalves
Jean Mark Lobo de Oliveira
Rilmar Pereira Gomes
David Barbosa de Alencar

Abstract

The objective of this research is to analyze the relevance of the information security policy in the logical part of the company. It will be used data obtained from research conducted within various companies, which demonstrate the level of knowledge of employees and some wrong measures they taken which ended up harming the company. It will be possible to check not only the weight that an information policy has within any economic sector, but also to point out which areas of the company are most prone to data loss/theft. One of the most valuable assets in any business, is information, that is, data that is generated through trades made, revenue generated, productivity, etc., and however small the information seems, to the market it can be extremely relevant and the leakage of this information, due to a failure or lack of security, can lead to the bankruptcy of a company.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
da Silva Corocher, I., Lopes Felsenthal, B., Pereira Gonçalves, B., Lobo de Oliveira, J. M., Pereira Gomes, R., & Barbosa de Alencar, D. (2019). The Relevance of Information Security Policy in the Logical Part of the Company. International Journal for Innovation Education and Research, 7(11), 721-931. https://doi.org/10.31686/ijier.vol7.iss11.1927
Section
Articles

References

[1] OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de informação gerenciais: estratégias, táticas, operacionais. 8. ed., São Paulo: Atlas, 1992.
[2] Disponível em acesso em: 10 Ago. 2019.
[3] CARUSO, Carlos A. A.; STEFFEN, Flávio Deny. Segurança em informática e de Informações. São Paulo: SENAC/SP, 2006.
[4] Entenda o problema de segurança dos dispositivos USB. G1. Disponível em: . Acesso em: 10 agosto 2019.
[5] Revista conhecimento contábil, vol 06, ISSN 2447-2921, n 01, p 70-80 Jan/Jun, 2018.
[6] Boas Práticas de Segurança da Informação, Disponível em acessado em: 15 ago. 2019.
[7] Plano de Implementação da Norma ISO/IEC 27001 no INEM, Carlos Manuel Rosa Correia Disponível em Acessado em: 20 ago. 2019.
[8] MARCELO,A; PEREIRA, M. A ARTE DE HACKEAR PESSOAS. Rio de Janeiro: Brasport, 2005.
[9] ARAUJO, Eduardo. A VULNERABILIDADE HUMANA NA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. 2005
[10] FONTES, Edson. POLÍTICAS E NORMAS PARA A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: Como desenvolver, implantar e Manter regularmentos para a proteção da informação nas organizações. São Paulo. Brasport. 2012
[11] DANTAS, M. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: UMA ABORDAGEM FOCADA EM GESTÃO DE RISCOS. 1 ed. Olinda: Livro rápido, 2011
[12] FREITAS, F; ARAUJO, M. POLITICAS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: Guia prático para elaboração e implementação. 2ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna LTDA, 2008
[13] FONTES, E. PRATICANDO A SEGURANÇA DA IONFORMAÇÃO. Rio de Janeiro: Brasport, 2008
[14] SENAC. PSI – POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. V.1.0. São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 01 de outubro 2019.

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>